Read in English - Leer en español
Powered by Google Translate

O Linux - parte 7: Atualizando o sistema

Apresentação

Assim como o Windows tem o Windows UpDate, o Linux tem o apt. Serve para atualizar falhas no sistema e instalar pacotes de programas para melhora na experiência. Muito importante saber como atualizar o sistema.


Apesar de estudarmos aqui a distribuição Debian (ele tem o seu próprio gerenciador de pacotes), vamos aprender sobre o apt, ao invés do DPKG, por motivos de o apt ser padrão na maioria das distribuições do Linux.


O APT (Advanced Package Tool)

O apt permite que façamos, além da atualização do sistemas, instalação, desinstalação e pesquisas de pacotes, da seguinte forma:


Instalação, desinstalação e atualização

# apt-get [opção] [pacote]


Pesquisa de pacotes

# apt-cache [opção] [expressão ou pacote]


Exemplos de comando quando referente ao uso de opções

# apt-get update

Atualiza a lista de pacotes disponíveis, sendo necessário emitir este comando sempre que for instalar um pacote ou atualizar o sistema


# apt-get upgrade

Atualiza o sistema sem instalar novos pacotes


# apt-get dist-upgrade

Atualiza o sistema instalando novos pacotes, como se instalasse uma nova versão


# apt-get install mc

Instala um novo pacote (neste caso o mc – Midnight Commander). Quando instalado, ele atualiza o pacote.


# apt-get source apmd

Faz downloads relativos a um pacote (no caso o apmd, um gerenciador de energia do computador que permite que fontes ATX desliguem o computador após o comando halt –p ou shutdown –h now)


# apt-get remove mc

Desinstala o pacote (no caso o Midnight Commander)


# apt-cache search pt.br

Procura por pacotes que contenham uma expressão (neste caso, busca programas em português do Brasil)


# apt-cache show less

Mostra detalhadamente, dados sobre o pacote em questão (less é um filtro que permite a leitura de arquivos longos na tela)


# apt-cache stats

Mostra estatísticas do banco de dados de pacotes


# apt-cache depends mcedit

Mostra dependências sobre o pacote em questão (no caso do mcedit, tem-se que baixar o mc para isso)


# apt-cache pkgnames

Lista uma relação de pacotes disponíveis


Configuração do apt

As configurações do apt, baseiam-se em dois arquivos:


/etc/apt/apt.conf – Configurações de proxy

/etc/apt/sources.list – Contém relações entre repositórios, locais ou remotos a serem utilizados.


Para inserir um repositório, usamos o comando apt-setup.


Os repositórios mais relevantes são:

ftp.us.debian.org – pacotes de programas

security.debian.org – atualização de segurança


Conclusão

É realmente necessário atualizar o sistema, inclusive se você tem aquele CD antiguinho da sua distribuição. Sim, como num antivírus, já que nenhum sistema é perfeito.


Se você quiser descobrir em qual pacote está aquele programa que você quer, acesse: http://www.debian.org/distrib/packages, lendo com atenção para selecionar opções corretas.


Referências

__________________


Livro
FILHO, João Eriberto Mota; Sistema operacional GNU/Linux em redes TCP/IP; 13ª edição; 2006; Apostila da Escola Nacional de Governo.

Sites
http://focalinux.cipsga.org.br

http://debian.org

Um comentário:

KeLL disse...

Parabéns meu amor. Estava lendo.
Seu trabalho está perfeito.
Beijos
Sucesso!